CENSO LOLITA 2017 - Respostas!

Oi gente! Como prometido, nesse post irei mostrar o resultado do questionário que fiz sobre as Lolitas Brasileiras.

Gostaria de agradecer todo mundo que tirou uns minutinhos para participar, com isso, tive bem mais respostas do que gostaria! Obrigada mesmo.

Realizei esse censo me baseando no último que foi feito, em 2011, pela Chadias. Você pode ver os resultados dele clicando aqui. Assim como ela fez, irei comentar um pouco as respostas, para termos uma análise além dos números.

Número de participantes


Eliminando algumas repostas incompletas e alguns erros que cometi no começo da pesquisa, obtive 274 respostas! 

Esperava receber apenas 100, então estou muito feliz pelo número elevado de respostas! Obviamente esse não é o número de Lolitas ativas no Brasil. Apesar de tentar divulgar ao máximo, não consegui localizar todas as comunidades e muita gente não respondeu. Ainda assim, acredito ser um número alto o suficiente pra chegarmos próximo  da realidade Lolita brasileira. Agora vamos as perguntas!

*decidi não arredondar os números, ainda que fique um pouco confuso na leitura, por preferir mostrar um resultado transparente. Espero que compreendam.


1 - Qual seu gênero?

  • 89,8% - Feminino 
  • 6,6% - Outros (18 participantes)
  • 3,6% - Masculino (10 participantes) 

Um resultado esperado, a maior parte dos interessados por moda Lolita é do gênero feminino. 


2 - Qual sua idade?

  • 41,6% - 22-26
  • 25,9% - 18-21
  • 10,9% - 27-30
  • 9,9% - 14-17
  • 9,5% - 30-35
  • 1,8% - Mais de 35
  • 0,4% - Menos de 14 

Aproximadamente 90% das pessoas que responderam tem mais de 18 anos. É interessante comparar essa pergunta com a do Censo de 2011. Em sua pesquisa os resultados obtidos foram que 50% dos participantes possuíam de 16 a 19 anos, e 8% possuíam 15 anos ou menos

Nesse, a faixa etária com mais respostas foi a de 22-26 anos com quase 42% das respostas. Esse resultado me levou as seguintes perguntas: As pessoas estão esperando um pouco mais para se aventurar na Moda Lolita ou a nossa comunidade é composta de muitos membros ativos, mas que conhecem a moda há mais de 5 anos? 

Isso me fez perceber que deveria ter colocado uma questão perguntando há quanto tempo a pessoa usa a Moda Lolita. 


3 - Qual sua etnia? (Opcional)

  • 61,4% - Branco
  • 18,9% - Pardo
  • 13,3% - Negro
  • 4,5% - Asiático
  • 1,5% - Outros
  • 0,4% - Indígena

Por ser uma pergunta opcional obtive 264 respostas, 10 a menos que as perguntas anteriores, mas isso não exerce uma grande influência no resultado final. 

Os resultados dessa pergunta responde um mito bem antigo, mas que de vez em quando ainda é mencionado: o do que apenas pessoas asiáticas podem usar Lolita. 

Também responde a outro mito de que apenas pessoas brancas podem usar Lolita. 

Negros, Pardos, Indígenas e Outros somam 34.1%. Isso é um pouco mais de 1/3 das respostas obtidas e um número expressivo. É importante lembrar que Lolita é uma moda, e nada além disso, são roupas e não há uma etnia ou idade certa para usá-las. Lolita é pra todos. 


4 - Qual sua orientação sexual?

  • 46,4% - Heterossexual
  • 38% - Bi/Panssexual
  • 9,5% - Assexual
  • 3,3% - Homossexual
  • 2,9% - Outros

A comunidade LGBTQ+ representa cerca de 50% das respostas. Incluí nesse resultado quem respondeu as opções Homossexual, Assexual e Bi/Panssexual. 

As respostas mais comuns em Outros eram: demissexual. 


5 - Onde você mora atualmente?

Decidi adicionar o gráfico a essa resposta, para que tenham uma visão melhor dos resultados.
  • 1,1% - Não moro no brasil
  • 0% - Acre
  • 0,4% - Alagoas
  • 0% - Amapá
  • 2,6% Amazonas
  • 4% - Bahia
  • 2,2% - Ceará
  • 5% - Distrito Federal
  • 1,5% Espírito Santo
  • 0,4% - Goiás
  • 0,7% - Maranhão
  • 0,7% - Mato Grosso
  • 0% - Mato Grosso do Sul
  • 8% - Minas Gerais
  • 5,5% - Pará
  • 0,7% - Paraíba
  • 8% - Paraná
  • 1,5% - Pernambuco
  • 0,7% - Piauí
  • 8,8% - Rio de Janeiro
  • 0% - Rio Grande do Norte
  • 5,1% - Rio Grande do Sul
  • 0% - Rondônia
  • 0% - Roraima
  • 4,7% - Santa Catarina
  • 38% - São Paulo
  • 0% - Sergipe
  • 0% - Tocantins

Decidi deixar em negrito apenas os estados com resultados maiores que 4%. 

Como imaginado, São Paulo obteve o maior número de respostas. Sim, SP possuí uma comunidade grande, mas é importante observar que a maioria das lolitas que conheço são daqui e isso influencia no resultado, pois o formulário foi amplamente divulgado para elas. 

A comunidade do Maranhão obteve apenas 0,7% de respostas, porem eu sei que há uma comunidade ativa lá, visto que São Luís foi onde ocorreu o Primeiro North Meeting.

Me surpreendi com o número de resultados dos estados do Amazonas (2,6%) e do Pará (5,5%), não esperava esses números, mas fico extremamente feliz de saber que há entusiastas da moda japonesa no norte do país. 


6 - Com que frequência você usa a Moda Lolita?

  • 29,6% - 1-2 vezes por mês
  • 28,1% - 2-3 vezes por semestre
  • 21,2% - 1-2 vezes por ano
  • 13,5% - Nunca usei
  • 6,2% - 1-2 vezes por semana
  • 1,5% - 3-5 vezes por semana

Com 29% a opção de usar 1-2 vezes por mês vem em primeiro lugar, sendo seguida por 2-3 vezes por semestre com 28% das respostas. Acredito que essa realmente seja a média de usos da Lolita brasileira, se levarmos em consideração que comunidades maiores costumam ter pelo menos 1 meeting a cada dois meses, e mesmo quando não há meetings no mês é comum ver Lolitas indo ao shopping, teatro, ou tendo um encontro entre amigas.

Com 21% vem 1-2 vezes por ano em terceiro lugar, e mais uma vez me surpreendi com uma resposta nesse formulário. 

--
Eu cometi alguns erros gravíssimos nesta questão. O primeiro erro foi ter colocado ela como a número 6. Ela deveria ter sido a primeira, para excluir quem respondesse 'nunca usei'. Eu não pensei que tantas pessoas que nunca usaram a moda iram responder o questionário e enviá-lo. Isso acabou afetando as 5 perguntas anteriores, mas eu decidi manter as respostas de nunca usei pois acredito que essas pessoas responderam por conhecer a moda lolita e ter algum interesse em usá-la no futuro.

Eu também deveria ter pensado um pouco melhor nos intervalos de tempo, acabou ficando um pouco confuso. 
--
A partir dessa questão quem respondesse "Nunca usei" não conseguiria mais ver as próximas perguntas e era encerrado o questionário. As próximas perguntas terão um total de 238 respostas, apenas de pessoas que já usaram a moda lolita ou boystyle.  


7 - Você frequenta meetings?

  • 57,1% - Sim
  • 18,9% - Não
  • 14,3% - Sim, mas apenas mini-meetings com as minhas amigas
  • 6,7% - Não, uso lolita apenas em eventos de anime
  • 2,9% - Outros

Em Outros, recebi respostas como "Não frequento meetings pois não há nenhum na minha cidade. Gostaria de frequentar, mas eles ocorrem muito longe de onde moro. Não há uma comunidade lolita onde moro." Ou seja, são pessoas que apesar de não conseguirem, expressam um desejo de fazer parte de uma comunidade e que gostariam de ir em meetings. 

Quase 19% responderam não participar de meetings e isso me deixou curiosa para saber se há algum motivo ou se a maioria compartilha do que foi escrito em Outros. 


8 - Qual o sub-estilo que mais usa?

  • 38,2% - Sweet 
  • 31,9% - Classical
  • 19,3% - Gothic
  • 3,8% - Não uso lolita, apenas boystyle
  • 6,7% - Outros

No questionário da Chadias, ela havia colocado muitas outras opções além dos sub estilos básico, dessa maneira ela conseguiu obter respostas interessantes como o fato do Brasil não usar muito os estilos temáticos na época. 

Entretanto, nas duas pesquisas o Sweet Lolita lidera. O Brasil parece ser realmente doce! Porém, apenas 6.3% atrás vem o Classical com 31,9%. E se você acompanha a comunidade internacional, percebe que o Classical é tendencia e o Sweet atualmente possui grandes influencias do Classical. 

O Gothic segue tímido, com menos de 20%. Esse subestilo já foi muito popular no passado, teve uma decadência principalmente com o surgimento do Sweet OTT e mais tarde o Classical OTT, mas hoje em dia parece estar voltando aos poucos.

 

9 - Quais sub estilos e temáticas gostaria de tentar no futuro?


E chegamos a última pergunta. Apesar do Brasil se dividir entre Sweet e Classical, parece que muita gente gostaria de tentar fazer um outfit Gothic.

Os 5 principais estilos que os participantes gostariam de usar no futuro são: 
  • 48,7% - Gothic
  • 44,1% - Hime
  • 43,7% - Classical
  • 38,7% - Pirate
  • 34,5% - Oldschool 


E chegamos ao fim desse Censo. Espero que tenham gostado. Dicas, críticas e comentários são mais que bem vindos! 

Review bolsa réplica da WEGO - Transparent heart bag + O que é Itabag?


Oi gente! Começo de ano é bom que sempre tem coisinhas novas pra fazer resenha! Dessa vez vou mostrar a minha mochila nova, uma réplica da marca japonesa WEGO. 

Esse tipo de bolsa com uma parte transparente ficou bem popular no meio otaku em 2016 por ser perfeita para a prática de Itabag.
ITA? Tipo em Lolita? NÃÃÃO, nada a ver! Itabag é um termo usado para bolsas super decoradas, geralmente com coisas de personagens de anime. Ita vem de itai, que quer dizer dor, como essas bolsas costumam estar lotadas de itens, é 'doloroso de ver'. Aqui o termo se mistura um pouco com a definição Lolita de Ita, mas é só isso mesmo! Pois bem, a prática nasceu lá no japão e foi se espalhando pro mundo! 

Existem muitas formas de se fazer uma Itabag, geralmente o pessoal usa totebags como essa da foto acima, mas cada vez mais estão surgindo modelos diferentes, com transparência, perfeitos pra uma bolsa dessas! O objetivo? É mostrar seu amor pelo personagem ou série escolhido! 


A WEGO é uma loja de moda jovem japonesa e a criadora do design desse modelo de bolsa com um recorte transparente em formato de coração. Essa bolsa ficou super famosa entre as garotas que curtem Itabag e direto está esgotada no site. Eles também lançaram outros modelos de bolsas transparentes. Você pode ver as bolsas deles clicando aqui. Há modelos muito fofos e os preços variam de 1500 a 3000 ienes. 

A cor que eu queria (preto) não tinha na loja, mas se você quiser comprar a original, esse link vai direto pra bolsa de coração. 

Agora sim! Vamos ao review da que eu comprei!

Desenho lindo da Nia do "Como eu realmente..." que comprei na ComicCon em 2015! 
Comprei ela nesta loja do Aliexpress por 50 reais já com o frete. O vendedor demorou um pouco pra me enviar, eu paguei dia 13 de novembro e ele enviou apenas no fim do mês. Levou 35 dias para chegar na minha casa, perfeita e sem taxa! 

As medidas aproximadas dela são: 33cm de altura, 30cm de largura e 10cm de profundidade (a lateral). 
Eu fiquei muito feliz com o tamanho dela, pois minha antiga mochila não cabia cadernos grandes. Essa acomoda perfeitamente um caderno de 10 matérias e ainda sobra espaço para outras coisas. 


Pra quem ficou preocupado com a transparência, não se preocupe! A mochila possuí dois compartimentos divididos por um tecido preto. A da frente, com o coração é bem fina e cabe apenas coisas pequenas como mangás, livros finos, bottons, ou seja, pouca coisa. Já o outro compartimento é mais largo, perfeito pra jogar todas suas coisinhas lá dentro sem medo de aparecer. Ela também possuí um bolso interno na parte das costas, ótimo pra deixar o bilhete ou celular. 


O tecido utilizado é PU, couro sintético. Ainda não tive a oportunidade de usá-la, mas pelo o que percebi, apesar de caber muita coisa, não é aconselhável colocar muito peso ou o tecido irá ceder com o tempo. Falo isso por experiência, já tive uma mochila parecida e enchia ela de livros pesados junto de garrafas de água cheia, em alguns meses a costura começou a ceder. Não chegou a rasgar, mas o couro craquelou muito. 

Ela possuí uma alça regulável e uma para pendurar. A costura é bem feita, sem defeitos ou linhas aparentes. O zíper abre e fecha fácil, sem ficar emperrando em nenhum momento. Ela também possuí forro por toda a parte interna. 

No gera eu amei essa mochila, estava precisando trocar a minha antiga que morreu recentemente e nada melhor do que dar uma kawaiizada na vida, mesmo que um pouquinho. A melhor parte, pra mim, é esse detalhe em glitter, minha câmera não pegou, mas eles ficam super coloridos na luz do sol! 

Fiquei impressionada com a qualidade dessa réplica, ficou muito próxima ao original. Acredito apenas que a original seja feita de um material mais resistente, além de uma pequena mudança nas cores e na parte interna. 

Classificação final do produto
Qualidade: ☆☆☆☆☆
Preço: ☆☆☆☆☆
Atendimento: ☆☆☆

O que eu planejo para 2017?

Um post um pouco diferente do habitual para começar esse novo ano. Irei dividir ele em duas partes, uma focada na moda Lolita e outra parte sobre o que eu quero pra minha vida pessoal no geral. Vamos lá?

LOLITA


Eu poderia começar falando que espero muita brand, vestidos novos, etc, mas eu não espero isso de 2017. Enquanto escrevia o post sobre 10 coisas que você não precisa no seu armário no ano passado, eu percebi o quanto estava comprando impulsivamente, principalmente em Lolita. Eu comprei coisas que não gostava, que não usava e que nem me serviam, apenas porque estava barato. E é por isso que eu não espero brand na minha vida em 2017, se acontecer e for um gasto planejado, ótimo, mas não é uma necessidade e eu estou bem assim. O que eu espero nesse quesito é sabedoria para vencer o impulso de comprar qualquer coisa e focar apenas naquilo que eu realmente gosto e vou usar.
Outra coisa é poder me sentir bem novamente vestindo esse tipo de roupa. No último semestre não teve um outfit sequer que eu olhei no espelho e me senti realmente feliz usando, sempre parecia que havia algo de errado, e em todas as vezes, aquilo de errado era eu. Esse tipo de pensamento começou a criar uma insegurança enorme dentro de mim, fazendo eu questionar um monte de coisas bobas como: será que não sou muito gorda, muito pobre, muito feia pra isso?
Querendo ou não, Lolita tem muito a ver com visual, imagem pessoal e eu sempre achei a minha um tanto fraca. Não é a toa que eu sou sempre taxada como alguém que não tem nada de especial.
Eu não quero mais me sentir assim, então espero voltar a ter a auto confiança que perdi nesses últimos meses. 

E a última coisa está conectada a minha personalidade e a comunidade. Em 2016 eu comecei e entrei em mais brigas do que deveria. A maioria foi coisa boba e que eu esqueci em 2 horas e outras são coisas que estou magoada até agora. Principalmente porque em uma eu nem tive a chance de me defender. Não me arrependo de praticamente nada do que eu disse pra ninguém. Se eu disse, seja de forma calma ou de maneira shady, foi porque eu quis e eu achei que a pessoa precisava ler/ouvir aquilo. Dito isso, percebi que não vale a pena ficar me estressando por nada nessa vida, ainda que eu ache que estou certa e _precise_ expor a minha opinião. Eu não sei se irei conseguir, mas pretendo parar de me envolver nesse tipo de coisa e ficar quieta, ou no máximo desabafar com alguma amiga de maneira privada. 

E falando em amigas, Lolita me trouxe pessoas incríveis, mas também trouxe alguns pequenos pesadelos. Eu sou uma pessoa receptiva e amigável, porém isso tem me trazido muitos problemas, seja em Lolita ou fora disso. Então eu resolvi focar nas amigas que já tenho ao invés de começar novas amizades. Obviamente isso não é uma regra e eu não estou dizendo algo como 'eu vou parar de falar com qualquer um que não seja BFF'. Estou falando de me aprofundar mais nos relacionamentos com as pessoas que eu já conheci ao invés de sair por ai procurando novas amizades. Tem tanta gente legal, que eu adoro, porem sigo de maneira discreta e não interajo muito. É isso que eu gostaria de mudar, entende? 

E com isso encerro meus pensamentos sobre Lolita. 

Vida Pessoal


Para minha vida pessoal eu gostaria de me focar principalmente nos meu ensino e na minha carreira. Estou desiludida com jornalismo e acredito que não irei conseguir trabalhar na área. Minha vontade era trabalhar com Social Media, mas não vai acontecer, principalmente por culpa minha. Eu sinto como se não tivesse me esforçado o suficiente na faculdade então eu vou apenas tentar de novo. Irei me formar, receber meu diploma e tentar novamente, talvez dessa vez em um curso que tenha mais a ver comigo mesma. Outra opção seria trabalhar e juntar dinheiro para uma pós-graduação nessa área que comentei. Eu não sei o que irá acontecer, mas o que eu espero é: mudança. Eu preciso de mudança, estou estagnada há muito tempo e preciso mudar isso ou irei continuar em uma espiral de frustração e depressão.

Então vou por em tópicos, para não me extender muito nesse assunto. O que eu espero para 2017:
  • Um relacionamento calmo e feliz
  • Um emprego, não importa qual seja
  • Disciplina e motivação para continuar as coisas
  • Saúde mental estável
  • Um pouco mais de confiança em mim mesma
Snap: Amyojo | Página do Blog | Instagram: Amyojo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...